Políticas de arquivamento

Permissões e restrições das editoras e revistas científicas

As editoras, em geral, não permitem que os autores usem o PDF final do artigo, mas permitem que o autor deposite a versão post-print no Repositório Institucional, com acesso interno à instituição e, após um período de embargo, pode ser disponibilizado publicamente.

Políticas de arquivamento

Pre-print: é o manuscrito do autor que foi submetido a uma revista. É a versão que ainda não foi revisada por pares e que não tem formatação nem foi editado. Também é chamado de manuscrito do autor, manuscrito original, primeiro rascunho;

Post-Print: é o artigo que foi submetido a uma revista e que já passou pela avaliação ou seja, pela revisão por pares e foi revisto em conformidade. Já possui algumas características do artigo em seu formato para publicação. Também é conhecido como manuscrito aceito/aprovado do autor. Em geral, pode ser depositado no Repositório Institucional de modo privado e só pode se tornar público após um período de embargo;

PDF Final: é a versão do artigo publicado, que foi revisado por pares, editado, diagramado e paginado, totalmente formatado para publicação. A Biblioteca verifica o período de embargo da revista para acesso público.

Consulte no SHERPA/ROMEO as políticas de acesso aberto e de arquivamento das editoras e revistas científicas de todo o mundo.

Consulte no SHERPA/JULIET as condições dos financiadores.

Consulte a Lista de Editoras.