Curso de férias em Gestão da Mudança movimentou o Departamento de Engenharia de Produção
13 de fevereiro de 2019
Assessoria de Comunicação

 

O maior diferencial desse curso, que já está em sua quarta edição oferecida de forma integrada entre graduação e pós-graduação, é que os temas são trabalhados em torno da resolução de casos reais, o que estimula a aplicação do conhecimento. Nessa edição, a empresa Braile Biomédica, fabricante de produtos médico-cirúrgico-hospitalares, foi o contexto de negócio usado nas atividades, e a EY Consultoria apoiou os estudantes na resolução do desafio proposto com o tema Transformação Digital.

 
eesc curso de verao henriqueGerente comercial nacional da Braile Biomédica, Henrique Soares Mello

 

Para o gerente comercial nacional da Braile Biomédica, Henrique Soares Mello, a parceria foi um sucesso. "Quando você pensa em interação universidade/empresa, a expectativa comum é que o trabalho a ser produzido tenha uma série de inputs interessantes para a empresa, uma vez que os alunos detêm o conteúdo mais atual dos assuntos estudados, mas com uma aplicabilidade baixa. Porém, o que pudemos vivenciar durante o curso foram trabalhos de nível excelente, com conteúdo riquíssimo e com um grau altíssimo de implementação".

 

Esse resultado foi possível devido ao intenso envolvimento com as empresas, que começou com uma apresentação da Braile sobre seus desafios reais e um Workshop de Ideação da equipe da EY, que ajudou os alunos na construção coletiva e ágil do case. A percepção do contexto foi completada com uma visita técnica à Braile Biomédica, em São José do Rio Preto, com a presença da diretoria, gestores e técnicos da empresa e participação da equipe EY, avaliando e pontuando as soluções apresentadas.

 

eesc curso de verao mateus
Professor Mateus Cecílio Gerolamo

 

"O desafio proposto fez com que os estudantes aprendessem em uma semana um tema novo, além do conteúdo da matéria normal do curso. Isso foi feito em equipe, o que aumentou a qualidade das propostas", afirmou o professor Gerolamo; "o curso atingiu em plenitude o principal objetivo, que é o foco na aprendizagem ativa", complementou. Para criar esse ambiente de aprendizagem, cada time recebeu o apoio direto de um membro de cada empresa por meio de tutorias on-line no período entre a apresentação do desafio e a entrega final dos projetos.

 

As aulas utilizaram o método Team Based Learning (TBL) que conta com leitura antecipada de artigos e discussão em sala de aula, por vezes em grupos (neste quadro é possível conhecer um resumo dos métodos e principais resultados do curso). A metodologia agradou aos alunos, além de garantir muito aprendizado em apenas 15 aulas. "Fiquei impressionada com a quantidade de conteúdo que pude adquirir durante um curto espaço de tempo. Acredito que o curso me trouxe uma percepção mais aguçada do funcionamento das organizações e suas constantes mudanças, o que terá extrema importância e aplicação no meu futuro profissional”, afirmou a estudante de Engenharia Aeronáutica da EESC, Larissa Mussrelli.

 

eesc curso de verao larissa
João Vitor de Medeiros, Larissa Mussrelli e Maria Beatriz Escanhuela Sajovic
 

Clique aqui e confira as opiniões de outros alunos.

 

Diferencial na EESC

Esse tipo de atividade reforça a estratégia da EESC em direção à interação e integração entre os estudantes de graduação e pós. Além disso, acolhe alunos de diversos cursos e universidades, fomentando a interdisciplinaridade e a troca de conhecimentos. Nessa turma estiveram inscritos graduandos das engenharias de produção, aeronáutica, de materiais e manufatura, civil e mecatrônica da EESC; engenharia civil da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar); e também administração da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP) de Jaboticabal.

 

Para a estudante de pós-graduação da EESC, Maria Beatriz Escanhuela Sajovic – uma das sete alunas de pós-graduação inscritas no curso -, "foi muito interessante notar todos os aspectos que regem uma mudança e principalmente a interdisciplinaridade que envolve a disciplina. A integração universidade/empresa foi fantástica, principalmente com as tutorias que tivemos, por parte da Braile e da EY".

 

eesc curso de verao leandro
Diretor EY e engenheiro formado na EESC, Leandro Matheus
 

Outro destaque reside no fato de que egressos da Escola atuam nas empresas que participaram do curso, o que ressalta a importância de uma rede ativa de ex-alunos para envolvimento nas iniciativas da EESC. Essa relação gera vantagens tanto para os alunos em formação como para as empresas, como afirma o diretor EY e engenheiro formado na EESC, Leandro Matheus: "Saímos muito satisfeitos com os resultados que vimos e certos de que o modelo de parceria universidade/empresa traz muitos benefícios para todos os envolvidos, sobretudo contribuindo para uma melhor formação dos alunos, foco maior desse trabalho".

 

 
eesc curso de verao
Alunos, professores e tutores do curso
 
 

informação

Professor Mateus Cecílio GerolamoDepartamento de Engenharia de Produção da EESCE-mail: gerolamo@sc.usp.br

 

 

Por Assessoria de Comunicação da EESCImagens: Caroline Bianchini; Yan Kita; Ana C. Bertassini; Giovana F. Dionísio; Valeria E. C. Guzmán

 

{gallery cols=4}/2019/gestao_da_mudanca/galeria{/gallery}