5º seminário sobre avanços em pesquisa com cistos de Giardia spp. e oocistos de Cryptosporidium spp. em amostras ambientais ocorrerá na Unicamp
04 de dezembro de 2017
Assessoria de Comunicação

 

eesc seminario shs

 

A organização do encontro conta com a participação dos professores do Departamento de Hidráulica e Saneamento (SHS) da EESC, Luiz Antonio Daniel e Lyda Patricia Sabogal Paz, e da Unicamp, José Roberto Guimarães e Regina Maura Bueno Franco. O evento gratuito é dirigido ao público em geral e aos profissionais da área, incluindo engenheiros, biólogos, químicos, técnicos e estudantes vinculados à avaliação de parasitos em amostras ambientais.

 

O Seminário também receberá a apresentação Determinação de protocolo para detecção de cistos de Giardia spp. e ovos de helmintos em solos da professora do Instituto de Biologia da Unicamp, Ronalda Silva de Araújo. Além disso, contará com a presença do doutor e pesquisador da Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento (SANASA), Romeu Cantusio Neto, que atua na área de microbiologia, com ênfase em microbiologia ambiental e parasitologia.

 

Clique aqui para conferir a programação completa.

 

Os interessados em participar devem enviar e-mail para a professora Regina Maura Bueno Franco, pelo endereço mfranco@unicamp.br, fornecendo nome completo, instituição e endereço. As vagas são limitadas, e haverá entrega de certificado de presença.

 

O evento ocorrerá na Sala CA14 (Mini Auditório) da FEC-Unicamp, localizada na Rua Saturnino de Brito, 224, na Cidade Universitária da Unicamp, situada no Distrito de Barão Geraldo, em Campinas (SP).

 

Sobre o Projeto Temático

A água como um recurso natural vem sofrendo fortes pressões ambientais como resultado do contínuo crescimento populacional, urbanização, atividades antrópicas e, consequentemente, uma demanda insustentável. Diante desse cenário, a investigação de novas formas de recuperação desse recurso natural torna-se relevante e novas alternativas para o tratamento de águas residuárias bem como dos resíduos gerados em estações de tratamento de água são hoje uma necessidade, visando à minimização de impactos ocasionados à Saúde Publica e ao meio ambiente, além da possibilidade de reciclagem e reúso desses efluentes.

 

Nesse contexto, são significativos os desafios representados pela detecção e remoção dos protozoários potencialmente patogênicos como Cryptosporidium spp. e Giardia spp. na área do Saneamento Ambiental. Ubíquos em águas superficiais, tais protozoários apresentam epidemiologia complexa dada a existência de diferentes espécies e assembleias, morfologicamente similares; assim, o uso de técnicas moleculares vem se tornando uma ferramenta indispensável para a identificação das fontes de infecção e/ou rotas de transmissão e entendimentos dos riscos oferecidos à saúde pública, animal e do ambiente.

 

O projeto temático financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), processo nº 2012/50522-0, intitulado Contaminação ambiental pelos protozoários Giardia spp. e Cryptosporidium spp. e por Ascaris suum: desafios de detecção, remoção e inativação das formas infectantes vem abordando tais assuntos e promovendo seminários com o intuito de divulgar, apresentar e discutir os resultados obtidos em projetos de pesquisa conduzidos por pesquisadores da EESC, do Instituto de Biologia da Unicamp e da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Unicamp, com base no tema proposto.  

 

informação

Professora Lyda Patricia Sabogal PazDepartamento de Hidráulica e Saneamento da EESC Tel.: (16) 3373-9548 E-mail: lysaboga@sc.usp.br

Por Assessoria de Comunicação da EESC Imagem: Adaptação de Natália Nicola