Palestra no SEL debate softwares gratuitos para aplicação na robótica
02 de abril de 2018
Assessoria de Comunicação

eesc quadricoptero

Dois exemplos de programas de computador do gênero utilizados na robótica são o Robot Operating System (ROS) e o simulador Gazebo, que serão tema de palestra no Departamento de Engenharia Elétrica e de Computação (SEL) da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP. O evento, que não demanda inscrições prévias, é gratuito e será realizado na próxima sexta-feira, dia 6 de abril, no Auditório Armando Toshio Natsume do SEL, a partir das 14 horas.

 

Quem irá comandar o bate-papo é Louise Poubel, engenheira de software da Open Robotics, organização não governamental que mantém os softwares de código aberto ROS e Gazebo. Na palestra, será abordada um pouco da trajetória das duas ferramentas, as quais são amplamente utilizadas no mundo acadêmico, em centros de pesquisa e cada vez mais em vários segmentos da indústria pelo mundo.

 

Também será feita uma breve introdução sobre como esses programas de computador funcionam e de que forma os interessados podem usufruir de suas utilidades. A palestrante promete, ainda, apresentar os desenvolvimentos mais recentes da Open Robotics, tais como a versão mais recente do ROS, chamada de ROS 2, além do futuro da simulação no Gazebo.

 

Sobre Louise

A engenheira iniciou sua carreira acadêmica em 2007, quando cursou engenharia mecatrônica na Universidade de Chiba por meio de um programa de bolsas do governo japonês. Em 2011, ingressou no programa de mestrado Erasmus Mundus na Europa, estudando na Polônia e França. Sua tese de mestrado teve como foco a imitação de movimentos de corpo inteiro por robôs humanoides em tempo real. Em 2013, Louise começou suas atividades na Open Robotics através do programa Outreachy e, desde então, faz parte do time de desenvolvimento do simulador Gazebo.

 

informaçãoDepartamento de Engenharia Elétrica e de Computação (SEL)Tel.: (16) 3373-9365E-mail: departamento.eletrica@eesc.usp.br

Texto e imagem por Henrique Fontes, da Assessoria de Comunicação do SEL


Veja também